mindset-entenda-o-conceito-de-mentalidade-fixa-e-progressiva

Mindset? Como assim?! Existem dois tipos de mentalidade?!

Sim! Descobriu-se, após décadas de estudos, que existem dois tipos de mentalidade: Fixa e Progressiva (Crescimento).

Mindset é, sem dúvida, a palavra mais ouvida e o assunto mais falado e procurado, no momento.

Quem nunca ouviu: “Você precisa mudar o seu mindset para ter sucesso.”

Se você, na ocasião, ficou meio sem entender o que isso queria dizer, então está na hora de se aprofundar nesse assunto e entender o “por que” desta palavra ser tão comentada e discutida atualmente.

Esta “descoberta” que você irá fazer agora sobre mindset, com certeza, mudará sua visão sobre coisas que jamais imaginaria.

Fará com que sua mente se expanda para o tão desejado sucesso! Essa mudança de mindset fará com que você reprograme completamente a sua mente para todas as áreas da sua vida!

Qual é o Conceito de Mindset?

Podemos descrever o mindset como a mentalidade que cada um de nós tem em relação a vida.

Ou seja, é o conjunto de atitudes mentais que influencia diretamente em nossos pensamentos e comportamentos.

Esse conjunto de atitudes pode ser a chave para alcançarmos o sucesso ou não. Esse conjunto inclui, também, as nossas crenças limitantes.

Que nada mais são do que os ensinamentos que nós tivemos , quando crianças, e que trouxemos para a vida adulta.

É claro que alguns foram bons, mas outros nem tanto.




 

Sobre crenças limitantes vamos falar um pouco mais adiante. Mas, voltando ao mindset.

Traduzindo ao “pé da letra” mindset significa: configuração da mente. Mind=mente e set=configuração.

A palavra em inglês “set” cabe em várias traduções, mas neste caso, configuração é o termo mais adequado.

Simplificando: é a mentalidade que cada um de nós tem sobre a vida. O nosso conjunto de atitudes mentais remete, muito, ao nosso comportamento diante de certas situações da vida.

E principalmente o modo que iremos agir mediante essas situações. E isso pode determinar o nosso sucesso ou o nosso fracasso.

Para a autora do livro: “Mindset: a nova psicologia do sucesso,  e principal estudiosa na área,

Carol S. Dweck, o nosso mindset mostra o lado pessimista e otimista com o qual enxergamos a vida de um modo geral e como nos portamos diante deles.

Então vamos aos dois tipos de mentalidade.

Mentalidade Fixa

A mentalidade fixa é aquela que faz com que acreditemos  que, se não nascemos com determinados dons ou capacidades naturais, que jamais desenvolveremos ao longo do tempo.

A famosa síndrome de Gabriela: “eu nasci assim, eu cresci assim”.(Gabriela Cravo e Canela, obra de Jorge Amado).

Pessoas de mentalidade fixa entendem que sua inteligência está sempre sendo colocada a prova e se sentem inseguras por isso. E isso as impede de adquirir, de buscar novos conhecimentos.

Porque elas acham que não está ao seu alcance para conseguir.

As pessoas com esta mentalidade se acham incapazes e por isso demonstram mais pensamentos negativos e pessimistas. E por conta disso ficam estagnadas e desmotivadas.

Um bom exemplo de pessoa com mentalidade fixa é aquela que, no seu ambiente de trabalho, nunca se dispõe a executar tarefas desafiadoras, digamos assim.

Tarefas que exigirão dela muito aprendizado, ter que adquirir um novo conhecimento. Algo que a desafiará e

testará sua capacidade de aprender algo novo e desafiador.

Ou seja, ela não aceita desafios por medo de falhar.

Uma vez que ela acredita, realmente, que não será capaz de realizar determinada tarefa com competência.

Mentalidade Progressiva

As pessoas com mentalidade progressiva, ao contrário das pessoas de mentalidade fixa, acreditam sim, que suas habilidades e talentos podem ser desenvolvidos.

As pessoas com este mindset transformam as dificuldades em oportunidades! Oportunidade de aprender e evoluir.

Ninguém é uma ilha. Todos nós podemos sair do lugar e dar um novo rumo a própria história. Todos nós somos capazes de fazer algo diferente. Basta acreditar!

As pessoas de mentalidade progressiva já tem em mente que são capazes.  Elas não se limitam.

Elas procuram se desenvolver. Pois acreditam que, se empenhando, conseguirão alcançar o objetivo ao qual se propuseram a buscar.

São pessoas focadas no lado positivo das coisas. Se dedicam ao máximo para conseguir o que querem e possuem

sua auto estima sempre elevada.

E o mais importante: ter resiliência! Aprender com os próprios erros. Sempre tiram algo positivo dos próprios erros. Isso faz com que cresçam ainda mais.

Como disse anteriormente, vamos falar um pouco sobre:

Crenças Limitantes e Mindset

Como já disse anteriormente, crenças limitantes são os ensinamentos que aprendemos quando crianças e que trouxemos para nossa vida adulta. Alguns, óbvio, foram bons, mas outros, nem tanto.

Ou seja, alguns destes ensinamentos não serve mais para nós. Por exemplo: quem nunca ouviu dos pais ou de algumas pessoas, as seguintes frases:

Tendo o suficiente para pagar as contas e se alimentar, está ótimo.

Dinheiro não presta! Não traz felicidade! É coisa ruim!

Pessoas que tem muito dinheiro são gananciosas. Só pensam em si mesmas!

Você precisa “se matar” de trabalhar para ter algo na vida!

E por aí vai. Ouvíamos muito isso e ainda ouvimos até hoje. E isso acabou nos prejudicando.

Por que isso acabou ficando na nossa mente, criou “raiz” lá dentro.

Trouxemos esses pensamentos para nossa vida adulta e isso acabou nos prejudicando de alguma maneira.

As vezes temos vontade de fazer algo novo, que queremos muito, sabemos que somos capazes, mas acabamos “travando”, não saímos do lugar.

Por que? Porquê essas crenças limitantes estão literalmente “plantadas” na nossa mente, sem a gente saber.

E isso está nos prejudicando.

Por isso a importância do mindset. Precisamos reprogramar nossa mente. Jogar fora todos aqueles “arquivos”

velhos que estão lá dentro e não servem pra nada, e “instalar” arquivos novos dentro da nossa mente.

Para que assim você consiga alcançar todos os objetivos que você tem e que você merece!

Conclusão de Mindset

É impressionante como a forma de pensar influencia diretamente na nossa vida e nas nossas atitudes. Por isso a importância de reprogramar nossa mente e mudar nossos pensamentos e atitudes.

Antes de querer mudar o mundo, comece por você!

Faça a diferença na vida de alguém que, com certeza, você conhece e precisa mudar, reprogramar a mentalidade

para alcançar seus objetivos. Compartilhe este artigo em suas redes sociais!

Muito obrigada pela companhia e até o próximo artigo!

 

 

Sobre o Autor

Bete Lopes
Bete Lopes

"Oi! Sou a Elisabete Lopes. Sempre trabalhei no mundo corporativo. Fora do mercado de trabalho, encontrei no Empreendedorismo Digital minha forma de trabalhar em casa. Compartilho conteúdos relacionados a Blog, Marketing Digital, Marketing de Afiliados e ideias de trabalho em casa. Compartilho tudo isso com pessoas que buscam, assim como eu, liberdade para trabalhar no que quiser. Um abraço!"

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Este site usa cookies. Ao utilizá-lo, você concorda com a nossa  Política de Privacidade.

Don`t copy text!