blog-ou-canal-no-youtube-qual-o-melhor-para-vender-como-afiliado

Blog ou canal no YouTube? Com certeza essa é uma dúvida que você precisa sanar, por isso está lendo esse artigo.

Tudo o que vou compartilhar com você nesse artigo é com a intenção de te alertar.

Para que você crie seu negócio online baseado em algo sólido e não em um terreno alugado.

As pessoas estão colocando todas as suas energias em criar conteúdos para redes sociais somente.

YouTube, Facebook, Instagram, enfim. E não está correto.

Não pense que estou criticando, não! Pois também utilizo as redes sociais para divulgar meu trabalho.

Porém, principalmente os iniciantes no Marketing Digital e os veteranos também, se esquecem que isso é perigoso.

Estão criando seus negócios em terreno alugado. Achando que só assim vão conseguir vender mais como afiliado.

Perigoso porque essas mídias sociais podem acabar a qualquer momento, assim como aconteceu com o Orkut.

Se a sua intenção é ser autoridade no nicho que você escolheu você precisa sim de um blog e canal no YouTube.

Porém, eu não acho que você deve colocar toda a sua energia e seus esforços apenas no YouTube, como a maioria faz.

E por que as pessoas fazem isso?

É óbvio que os vídeos no YouTube, quando bem posicionados e bem ranqueados fazem você vender como afiliado mais rápido.

E os afiliados escolhem o YouTube para começar, por ser uma plataforma totalmente gratuita.

Porém, você fica limitado as regras e as políticas da plataforma.

Caso você infrinja algumas das regras, o seu canal pode ser bloqueado ou até banido sem que você possa fazer nada para impedir.

E por que? Porque o canal do YouTube você chama de “seu”, porém todos nós sabemos que não é.

E junto com ele vai todo o seu conteúdo e todo o seu negócio por água abaixo.

Comece com Blog e Canal no YouTube – Por que?

Como já disse anteriormente, não aposte todas as suas fichas apenas no Youtube. Mas, tenha sim, o seu canal.

Porém, não deixe de alimentar seu blog com artigos constantemente.

Ao contrário dos posts nas redes sociais, como o Instagram por exemplo, que é o queridinho da vez, os

artigos do seu blog e seus vídeos no YouTube são conteúdos que envelhecem, porém permanecem.

A cada minuto surge uma postagem nova no feed do Instagram e a sua, já ficou para trás.

O mesmo acontece no Facebook.

As pessoas não tem o hábito de ficar rolando o feed. Os primeiros posts são os que elas clicam.

Portanto blog ou canal no YouTube, ambos são essenciais para quem vai começar um negócio online.

Repito:

Tanto as postagens no blog ou canal no YouTube envelhecem, porém permanecem.

Ou seja, são conteúdos antigos, porém úteis.

Aplique técnicas de SEO nos seus artigos e vídeos para que eles fiquem bem posicionados no Google e YouTube.

Dessa forma. Você terá mais chances dos seus conteúdos serem encontrados, e passar a fazer vendas no automático.

O Curso Bússola do SEO pode te ajudar com isso.

 

curso-bússola-do-seo

 

E mais importante que  ganhar dinheiro no YouTube é preciso que seus vídeos ajudem sua audiência a solucionar algum problema.

Talvez você que é um iniciante não concorde com meu ponto de vista, porém, quem tem mais tempo no

marketing digital vai entender o porque de não colocar todos os esforços em redes sociais.

Popularmente falando:

Jamais coloque todos os ovos em uma única cesta!

Não seja imediatista. Pense no seu negócio a médio e longo prazo.

Concentre suas energias em algo que você tem certeza que é seu. Eu sempre falo isso nos meus vídeos.

Vou falar um pouco sobre as vantagens e desvantagens do YouTube e do blog. Começando pelo YouTube.

Vantagens do Canal no YouTube

  • Você pode atuar em vários nichos e ganhar dinheiro sem precisar investir para criar seu canal;
  • Não precisa gastar com domínio e hospedagem;
  • Pode deixar vários vídeos gravados e programados poupando seu tempo;
  • Consegue fazer vendas como afiliado mesmo com canal pequeno e poucos inscritos.

Desvantagens do Canal no YouTube

  • Precisa de, no mínimo, 1.000 inscritos e 4.000 horas de visualizações nos últimos 12 meses para poder mandar o canal para avaliação para começar a monetizar;
  • Depende exclusivamente de anúncios e visualizações para monetizar o canal;
  • A plataforma pode excluir seus canal e todo o seu conteúdo, caso viole as políticas mesmo que sem querer;
  • Ou seja, você é totalmente dependente das regras dos outros para manter seu negócio.

Já aconteceu de canais com milhões de inscritos ser excluído e… simples assim. O canal não é nosso, lembra?

Não dependa de plataformas que não são suas.

Aposte suas Fichas no seu Blog

blog-ou-canal-no-youtube-qual-o-melhor-para-vender-como-afiliado

Muitas pessoas deixam de ter blog porque acha difícil gerar conteúdo, gerar tráfego ou porque simplesmente não gosta de escrever.

Não quer “perder tempo” pesquisando para compartilhar um bom conteúdo com a sua audiência do blog.

Porém, isso não é um problema. Se você não quer ou não gosta de escrever, contrate redatores para fazer isso pra você.

Se você já criou o canal no YouTube e já está fazendo vendas, invista esse dinheiro em um redator para

escrever os conteúdos do seu blog. Porém, não deixe de ter o blog.

Ele é o pilar principal do seu negócio online. Pense a médio e longo prazo. Não seja imediatista.

Não pense apenas em vender.

Se o seu objetivo é ter um negócio sólido, tenha o seu blog.

Uma vez que o blog é seu, é você quem impõe as regras.

Você comprou domínio, pagou hospedagem, então ele é seu. Ali você publica o que quiser, fala sobre o que quiser.

Fala sobre vários assuntos, óbvio dentro do seu nicho e ninguém vai tirar seu blog do ar.

A não ser que você não pague a hospedagem, o que com certeza, não vai acontecer.

Muitas pessoas tem blog e canal no YouTube e ficam a maior parte do seu tempo gerando conteúdos para o

YouTube e esquece do blog.

Cria de 2 a 3 vídeos para o YouTube, por semana, e passa de 15 dias a 1 mês sem postar artigo no blog.

E o que eu quero dizer com isso?

Você está se arriscando! Concentrando seus esforços apenas em vendas imediatas e deixando de lado seu blog.

Que vai te render, a médio e longo prazo, vendas recorrentes.

Basta que você aprenda a posicionar seus artigos e seus vídeos trabalhando forte o SEO desses conteúdos.

 

E para levar tráfego é a mesma coisa.  Aprenda como usar o Pinterest e levar tráfego orgânico para o seu blog.

 

Sem contar que você pode participar do programa de parceria do Google AdSense e passar a exibir anúncios

no seu blog.

A cada clique nesses anúncios você ganha uma porcentagem em dinheiro.

Vantagens do seu Blog

  • Você pagou por ele, portanto é seu e não de terceiros;
  • Publica o conteúdo que quiser sem se preocupar se está violando as regras;
  • Valor do domínio e da hospedagem são acessíveis;
  • Um bom trabalho de SEO e tráfego faz com que seus conteúdos sejam encontrados, te gerando vendas;

Desvantagens

Na verdade, não vejo desvantagem alguma em trabalhar com blog. Porém vou citar as que mais pesam na

hora da decisão de quem quer começar com um.

  • É preciso investir dinheiro para começar. Porém é um valor acessível. Nem considero como desvantagem.

Uma vez que, não existe negócio sem investimento;

  • Começar com template gratuito. Dê preferência para um template pago que são mais responsivos.

Eu uso recomendo o Wolf WP, que é o tema do meu blog. Atualmente o melhor custo benefício.

Conclusão

Todas as redes sociais são importantes para o nosso negócio. Porém, não concentre todas as suas estratégias

em mídias que você não tenha total controle.

Comece com o blog e o canal no YouTube. O blog demora mais, portanto comece o quanto antes.

Sem contar que no blog você tem a opção de trabalhar com e-mail marketing e captar esses leads.

Ofereça sua recompensa digital e trabalhe esses leads com conteúdos de valor.

Com certeza eles deixarão de ser apenas leads e passarão a ser seus fiéis clientes.

Utilize sim, outras redes sociais no seu negócio, mas não despreze a criação do seu blog.

Pense no seu negócio a médio e longo prazo e não somente em vendas rápidas.

Deixe o imediatismo de lado.

Um abraço e até o próximo artigo! 🙂

Elisabete Lopes

 

 

 

 

 

 

Sobre o Autor

Bete Lopes
Bete Lopes

"Oi! Sou a Elisabete Lopes. Sempre trabalhei no mundo corporativo. Fora do mercado de trabalho, encontrei no Empreendedorismo Digital minha forma de trabalhar em casa. Compartilho conteúdos relacionados a Blog, Marketing Digital, Marketing de Afiliados e ideias de trabalho em casa. Compartilho tudo isso com pessoas que buscam, assim como eu, liberdade para trabalhar no que quiser. Um abraço!"

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies. Ao utilizá-lo, você concorda com a nossa  Política de Privacidade.

Don`t copy text!